O que é virtualização ? Descubra qual a importância dela para a sua empresa!

Em várias empresas é normal a existência de vários servidores físicos para os mais distintos serviços como: um para compartilhar arquivos, outro para banco de dados, outro para câmeras de segurança, outro para impressoras.

E se pudéssemos juntar tudo numa só máquina ?

Virtualização é a criação de uma versão virtual de alguma coisa, como um sistema operacional, um servidor, um dispositivo de armazenamento ou recurso de rede.

O objetivo principal da Virtualização são ganhos de gerenciamento, segurança, disponibilidade do ambiente, mobilidade, redução no consumo de energia, padronização e diminuição de custos de aquisição e manutenção dos desktops.

 

Aproveitamento de capacidade: uma máquina fazendo o papel de três

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Principais benefícios ao adotar uma solução de virtualização:

  1. Menos custo de aquisição dos Desktops

A virtualização conseguiu resolver este problema: pode-se aproveitar um computador já existente para executar dois ou mais sistemas distintos, já que cada um roda dentro de sua própria máquina virtual. Evita-se, assim, gastos com novos equipamentos e aproveita-se os possíveis recursos ociosos do computador.

 

  1. Alta disponibilidade dos Desktops

O principal ponto de defeito de um Desktop são os componentes físicos do mesmo e um fator crítico quando um defeito acontece são os dados e configurações locais, que num ambiente de virtualização de desktops são irrelevantes, pois basta trocar o equipamento que os dados estão seguros no datacenter. Assim, quando um usuário tiver um problema na máquina local, basta substituir em poucos minutos para que o funcionário volte a produzir.

Também é possível fazer backup e replicação dos Desktops, provendo tempos de recuperação muito rápidos em caso de falha do sistema operacional, ou seja, técnicas que nem se cogita em fazer com Desktops tradicionais.

 

  1. Mobilidade para os usuários

A virtualização de Desktops oferece uma entrega padrão do Desktop para o usuário independente do dispositivo, isso permite que o usuário possa sair da sua mesa de trabalho, logar em outro dispositivo (numa sala de reunião, por exemplo) e visualizar os mesmos aplicativos e arquivos da mesma forma em que está familiarizado.

 

  1. Desktop sempre ligado

Um recurso bem interessante é que o usuário não precisa desligar seu desktop, ele pode simplesmente desconectar do mesmo e as aplicações que estavam abertas continuarão lá. Quando ele reconectar em outro dispositivo, ele terá acesso aos mesmos aplicativos, com um tempo de reconexão muito mais rápido.

Isso permite, por exemplo, que na quebra do dispositivo de acesso, ao reconectar, o usuário não perca nenhuma palavra digitada, se ele estava redigindo um e-mail por exemplo, ao reconectar estará no mesmo ponto onde parou.

Junto com a mobilidade, é possível abrir a tela de um BI no computador de mesa e continuar depois a partir de um tablet. Ou então, em um hospital, abrir a prescrição de um paciente no posto de enfermagem e depois reconectar no mesmo desktop virtual em um dispositivo a beira leito para lançar os medicamentos utilizados.

 

  1. Segurança de dados

Os dados dos desktops ficam armazenados nos servidores do Datacenter. Isso permite a execução de backups centralizados, garantindo a disponibilidade dos dados.

Pelo mesmo motivo é mais fácil restringir o acesso aos dados e aplicar políticas contra acesso não autorizado; podem ser bloqueados dispositivos externos como Pendrives, e, mesmo se o dispositivo for roubado, não terá nenhum dado nos discos locais sem estar criptografado.

Além de que, toda a conexão é criptografada, utilizando protocolos padrões de mercado, então o risco de vazamento de informações é mínimo.

Quer saber como aplicar a virtualização na sua empresa?

Entre em contato conosco pelo telefone:

82 3241-1745

ou

fabio@logonsolucoes.com.br

Não deixe de compartilhar!

Leave A Comment