Ransomware: O pesadelo das empresas e dos órgãos públicos

Ano passado o ransomware tornou-se conhecido através do WannaCry, pelos sequestros de informações nos setores públicos e privados em diversos países, principalmente no Brasil. Ocasionando assim um grande prejuízo para àqueles que não tinham medidas de segurança, também fez com que acendesse um alerta aos governos e empresários sobre o reforço na proteção dos computadores para futuros ataques.

 

Hoje este tipo de ataque tem evoluído bastante no modo de invasão e formação de crime organizado, no intuito de desestabilizar o funcionamento de empresas e principalmente angariar lucros em cima do pagamento de resgate, em bitcoins (uma espécie de moeda digital que pode ser usada como meio de pagamento de uma forma completamente inovadora). Grande parte dos órgãos públicos e das empresas grande porte ainda continuam sendo alvos de ataques, devido à falta de conhecimento desses invasores e as vulnerabilidades dos computadores com softwares e sistema operacionais antigos ou pirateados.

 

O que é Ransomware?

O ransomware, um tipo de software mal-intencionado que criptografa todas as informações que estão no disco rígido do computador, chegou causando pavor em empresas do mundo todo. Um ataque de ransomware ocorre de várias maneiras: o usuário final abre um arquivo anexado a um e-mail malicioso ou clica em link de uma campanha atrativa de forma aleatória ou direcionada, e também quando ele acessa algum site comprometido.  

 

Como se proteger contra Ransomware?

– Fazer backup dos principais arquivos;

– Atualizar os softwares e o sistema operacional;

– Reforçar a segurança do sistema de informação das empresas e órgãos públicos, com Antivírus Corporativo, Firewall, Gerenciamento e Monitoramento de rede;

– Verificar a veracidade das informações recebidas pelo e-mail, antes de clicar em links ou baixar anexos.

Não deixe de compartilhar!

Leave A Comment